Vírus em sites falsos do Megaupload

Vírus em sites falsos do Megaupload

ESET alerta sobre proliferação de ataques, após caso do Megaupload

Empresa afirma que cibercriminosos tendem a utilizar a repercussão do fechamento do site de compartilhamento de arquivos para disseminar ameaças

Na última sexta-feira, 20 de janeiro, surgiram informações de que uma página na internet que prometia o retorno do Megaupload – site de compartilhamento de arquivos fechado na semana passada – era, na verdade, um endereço falso, voltado a disseminar propagandas e malwares.  E, de acordo com a ESET – companhia global de soluções de segurança –, nos próximos dias, deve existir um aumento desse tipo de ação, na qual os cibercriminosos vão utilizar a repercussão do fechamento do Megaupload para realizar ataques virtuais.

Por conta disso, os especialistas da ESET emitiram um alerta para que os internautas reforcem os cuidados de segurança. Para isso, eles aconselham que os usuários de internet não abram qualquer site que prometa ser uma alternativa ao Megaupload. Outra dica da empresa é para que as pessoas evitem clicar em qualquer endereço duvidoso, que esteja ligado a uma mensagem, imagem ou vídeo enviado por e-mail ou pelas redes sociais.

“Vale também redobrar o cuidado ao buscar notícias relacionadas ao Megaupload. Pois, por meio da técnica de Black Hat SEO, os cibercriminosos podem fazer com que os sites maliciosos apareçam em destaque nos buscadores, aproveitando assim a curiosidade dos internautas”, afirma Camillo Di Jorge, country manager da ESET no Brasil. “Além de optar por acessar informações de fontes confiáveis, o usuário deve utilizar um antivírus com capacidade de detecção proativa”, acrescenta.

No relatório “As Principais Tendências para 2012”, a ESET aponta que os ataques que utilizam os mecanismos de Engenharia Social – como o caso dessas ações que usam o Megaupload para estimular os internautas a clicar em links maliciosos – tendem a crescer em volume e em complexidade ao longo deste ano.

 

Com informações da Agência Ideal

Fabrício Basto

Fabrício Cristiam Basto, nascido e criado no interior do Espírito Santo, em São Gabriel da Palha, você conhece? Ache no Google Maps! Sou formado em Administração de Empresas com ênfase em Análise de Sistemas – CRA: 9009, com especialização em finanças, tecnologia da informação e gestão pública. Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/3014017071032681

Este post tem 2 comentários

  1. Na verdade, na minha opinião, a internet deve ser livre, as leis devem seguir a modernização e aceitar o momento. Crimes devem ser roubos de identidade, ataques, espionagem industrial e outros.

  2. Muito bom o artigo! A segurança na internet é muito importante, principalmente agora que estamos neste momento de crise na internet, com algumas leis que estão restringindo acessos , bloqueando conteúdos alheios.

Deixe uma resposta

Fechar Menu