Artigo publicado na Revista Espírito Livre – Edição 27
O título desse artigo pode parecer estranho, mas na verdade chamo atenção para o que muitas pessoas dizem por aí – O software livre é uma coisa que é baixada da internet, de forma gratuita, qualquer um usa, não presta, não tem segurança.

O que muitas pessoas não sabem é que a cada versão lançada de um software livre, existem uma quantidade enorme de profissionais que estudam, analisam o sistema em busca de erros ou problemas, sugerem modificações, enfim são várias pessoas ao redor do mundo que fazem parte da construção de um sistema, compartilhando informações e propondo melhorias. Na verdade cria-se, uma comunidade, esse é lema das pessoas que usam, desenvolvam e disseminam a cultura do software livre.
Software livre é gratuito! Não Presta!

 

Qualquer software livre para ser realmente um livre precisa seguir alguns preceitos, são eles:

  • Você tem liberdade para executar o programa, com qualquer propósito.
  • Você tem a liberdade para modificar o programa e adaptá-lo às suas necessidades. (Para fazer esta liberdade ser efetiva na prática, você deve ter acesso ao código fonte, porque modificar um programa sem ter a fonte de código é excessivamente difícil).
  • Você tem liberdade para redistribuir cópias, tanto grátis como com taxa.
  • Você tem a liberdade para distribuir versões modificadas do programa, de tal modo que a comunidade possa beneficiar-se com as suas melhorias.

Um pequeno projeto torna-se um enorme sistema, pois podem interagir com outros sistemas. Ferramentas ou frameworks também abertos, podem ser unidos, tornando um pequeno sistema em uma grande e sofisticada aplicação. Como isso é possível? Uma construção coletiva e harmônica em torno de um bem comum, fortalecer o modelo de software livre e aberto, para todos possam usufruir de mecanismos modernos, sem precisar gastar muito ou nada

Agora! Se é tudo gratuito, como podemos ganhar dinheiro com software livre?

Você deve estar pensando, vou modificar um sistema, colocar outras funcionalidades interessantes e definir um preço para o usuário final. Isso não está de acordo com os princípios do software livre, citadas acima.
Existem várias outras maneiras para ganharmos dinheiro com Linux e Software Livre!

  • Podemos criar empresas que prestam consultoria e treinamento corporativo.
  • Ministrar palestras divulgando os benefícios das ferramentas e sistemas.
  • Trabalhar nas empresas que usam Linux e Software Livre no gerenciamento de TI.
  • Obter certificação profissional, pois o mercado está carente de profissionais capacitados.

Um exemplo clássico, é da Canonical, que desenvolve o Sistema Operacional Linux Ubuntu, umas das distribuições mais utilizadas atualmente, principalmente no ambiente doméstico, claro que também no empresarial. A Canonical não cobra licença de uso, porém se uma empresa precisar de suporte para implantação ou suporte corporativo, ela cobra pelo serviço. As grandes empresas precisam sempre de suporte, pois existem problemas que às vezes não são resolvidos pelos profissionais internos, recorrendo assim ao suporte especializado.
Além disso a maioria dos desenvolvedores criam mecanismos de doação, as pessoas utilizam o sistema e se desejar (não é obrigatório), doam algum valor para a empresa.
É possível sim ganhar dinheiro com Software Livre, basta empreender e ser criativo para criar mecanismos eficientes, sem infligir os princípios do Software Livre.

Quais os benefícios em utilizar Software Livre?

Segurança: Podemos utilizar serviços on-line e bancários com mais segurança, não seremos mais uma vítima de hackers.
Menos vírus: Praticamente não existem vírus para Linux, uma grande vantagem, podemos utilizar nossos recursos sem problemas e dores de cabeça.
Mais colaboração: O Linux é um sistema desenvolvido por todos, podemos sugerir modificações, alterar o sistema com as nossas características e passar para outras pessoas, criando assim uma comunidade de desenvolvimento e crescimento do sistema.
Menores custos: Não precisamos comprar licença de uso para utilizar o Linux, é livre, podemos baixar, adquirir um CD/DVD gratuito – http://is.gd/h2tLfH, instalar e utilizar da maneira que quisermos, sem pagar nada.
Documentação livre: Os manuais e a documentação do Linux, como qualquer programa baseado em software livre, é gratuita, disponível para consulta e sempre atualizada pela comunidade, tornando fácil implantação de projetos e treinamentos.

 

Software Livre não presta?

O título do artigo foi bem sugestivo, para chamar a atenção de pessoas que não usam ou não querem utilizar ferramentas livres, por medo, resistência ou por acreditar nas vozes infames e pífias.

Os Seres Humanos possuem a capacidade de julgar antes de conhecer, isso acaba gerando uma cultura contrária  aos bons costumes. Por isso sempre experimente, teste, use e abuse para dizer depois, Software Livre é dez!

Você usa Linux? Qual Distribuição?

(Crédito das imagens: pixabay.com)

Fique atualizado!

Fique atualizado!

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdo exclusivo do blog.

You have Successfully Subscribed!