Software Livre, Cultura Hacker e Ecossistema da Colaboração

Ótimo livro sobre Software Livre que mostra aos leitores os  paradigmas da cultura da colaboração, sempre ampliando horizontes e produzindo cada vez mais resultados.

O software livre precisa ser disseminado cada vez mais, além de podermos ajudar, modificar, economizamos para podermos dedicar esforços no que realmente é importante.

O livro é composto por uma coletânea de artigos elaborados a partir de estudos acadêmicos de diversas áreas das ciências humanas, que foram desenvolvidos em diferentes universidades e centros de pesquisa do Brasil, mas que têm em comum o mesmo objeto de análise: a temática do Software livre, Cultura hacker e o ecossistema da colaboração.

[ad#Adsense1]

O livro está dividido em seções, com os seguintes artigos:

Distros e comunidades: a dinâmica interna de Debian, Fedora, Slackware e Ubuntu, é apresentada pelo autor Murilo Machado uma análise comparativa entre tais comunidades on-line, em que são explorados elementos considerados fundamentais para compreender a dinâmica interna de cada uma delas como, por exemplo, as formas de comunicação, as relações de poder, o período de colaboração dos membros com os projetos, entre outras questões.

Software Livre e a Perspectiva da Dádiva: uma análise sobre a produção colaborativa no projeto GNOME , o autor Vicente Macêdo de Aguiar apresenta uma pesquisa netnográfica, realizada no período de dezembro de 2005 a fevereiro de 2007 pelo autor no Núcleo de Pós-Graduação em Administração da Escola de Administração (NPGA) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Essa pesquisa buscou analisar as especificidades da dinâmica de trabalho dos hackers no processo de produção colaborativo e não-contratual presente na comunidade on-line ligada ao Projeto GNOME.

Política e Linguagem nos debates sobre software livre, o autor Rafael Evangelista apresenta um artigo fruto de uma dissertação de Mestrado em Linguística que foi defendida em 2005 na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), esse artigo procura refletir discursivamente sobre os debates que tratam das vantagens e desvantagens da adoção de sistemas livres em computadores.

A tecnologia na obra de Álvaro Vieira Pinto e Paulo Freire , por Anderson Fernandes de Alencar, nesse artigo o autor buscar refletir acerca de uma metodologia de migração do software proprietário para o software livre que contemple elementos do pensamento do filósofo Álvaro Vieira Pinto e do educador Paulo Freire, buscando ainda apresentar elementos teórico-práticos relevantes para a constituição de uma “Pedagogia da Migração”.

Mobilização colaborativa, cultura hacker e a  teoria da propriedade imaterial , apresentado por Sérgio Amadeu da Silveira, esse artigo traz os resultados do estudo acadêmico que fundamentou sua tese de Doutorado em Ciência Política, defendida na Universidade de São Paulo (USP) em 2005. Ele visa trazer os principais pontos abordados sobre o problema da formulação de uma teoria política da propriedade de bens imateriais no contexto de uma sociedade informacional e em rede.

Na última seção do livro o leitor pode conferir alguns debates e discussões interativas , podendo interagir e opinar sobre os artigos e temas propostos.

Confira essa reportagem sobre o livro na Revista Espírito Livre – Edição 7

Conheça os Autores

Baixe o livre agora!


Seja um ativista de software livre! Estimule o uso do software livre na sua escola, comunidade ou empresa. Participe desse movimento!

Fique atualizado!

Fique atualizado!

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdo exclusivo do blog.

You have Successfully Subscribed!