Entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, profissionais de TI se reúnem no 39º Seminário Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação para Gestão Pública (SECOP 2011), em Porto de Galinhas (PE). O encontro, que traz o tema “TIC e Governança – soluções inovadoras para governo”, é uma iniciativa da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP). O SECOP já é considerado o mais relevante fórum brasileiro de TI envolvendo o setor público e a iniciativa privada.

[ad#Adsense1]

Um dos grandes destaques será a entrega do 10º Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (Prêmio e-Gov), promovido pela ABEP e pelo Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão para reconhecer e incentivar o desenvolvimento de projetos e soluções de governo eletrônico nas administrações públicas federais, estaduais e municipais.

 

A programação do SECOP está disponível no site: www.secop2011.pe.gov.br.

 

Ariano Suassuna no fórum
Além do vasto conteúdo sobre tecnologia, o SECOP 2011 oferecerá uma rica agenda cultural aos presentes. Uma das atividades será a aula-espetáculo ministrada pelo escritor e acadêmico Ariano Suassuna, que, desde janeiro, está à frente da Secretaria de Assessoria ao Governador de Pernambuco. Suassuna é o idealizador do Movimento Armorial, que também terá destaque no SECOP 2011: referências a essa expressão artísticas serão encontradas nos materiais de divulgação, sinalização e brindes do evento.

 

Sobre a ABEP
A Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação é uma entidade de apoio institucional que atua desde 1977 para promover e fortalecer a cooperação entre suas associadas. Fazem parte do escopo da ABEP:

  • Promover o fortalecimento e a cooperação entre as associadas;
  • Fomentar a informática pública como ferramenta de aumento de produtividade do Estado, disponibilizando informações e serviços no atendimento ao cidadão;
  • Integrar e compartilhar esforços e recursos da informática e informação entre os Estados, e desses com os governos Municipais e Federal;
  • Difundir a tecnologia nacional, representar e defender os interesses da Informática Pública;
  • Manter intercâmbio com associações congêneres nacionais e internacionais;
  • Cooperar com os organismos encarregados da formulação política, padrões e normas de informática.

 

Faça já sua inscrição!

 

ATUALIZADO 01-09-2011

Quase 600 pessoas, entre gestores de tecnologia da informação dos Estados e profissionais da iniciativa privada, participam do SECOP 2011 – Seminário Nacional de Tecnologia da Informação e Comunicação para Gestão Pública. No primeiro dia do encontro, 31 de agosto, ocorreu a entrega do Prêmio e-Gov, em que foram premiados nove projetos de TIC, entre eles as Olimpíadas de Jogos Digitais e Educação, que conquistou a premiação máxima. Outro destaque foi a palestra do especialista Silvio Meira, cientista-chefe do C.E.S.A.R. – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife. O SECOP vai até o dia 2 de setembro, e a programação completa está no site: www.secop2011.pe.gov.br.

Na sua 39ª edição, o SECOP é sediado em Pernambuco pela quinta vez – neste ano, em Porto de Galinhas. Para o Secretário de Administração de Pernambuco, Ricardo Dantas, que representou o Governador Eduardo Campos no evento, as discussões sobre inovação em TIC refletem as boas práticas que vêm sendo adotadas no Estado. “Pernambuco já economizou mais de R$300 milhões ao diminuir o desperdício, e buscamos uma eficiência maior. A ATI/PE é a nossa maior aliada nessa busca por produtividade”, disse o Secretário, lembrando que o Estado investe em ações como o projeto Olimpíadas de Jogos Digitais e Educação, vencedor do Prêmio Excelência em Governo deste ano.

Ministério do Planejamento destaca Brasil Maior e interoperabilidade
Representando a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, o Secretário de Logística e TI, Delfino Natal de Souza, falou sobre a integração entre a Secretaria e a ABEP, inclusive por meio do acordo de cooperação firmado no SECOP. “Traçamos nossas linhas de modernização, cooperação e integração entre todos os Estados brasileiros com o Governo Federal para a melhoria dos processos de TI, que hoje estão no dia a dia da nossa vida pública. Esta oportunidade para o Ministério do Planejamento, de estar presente e trocar experiências, é de extrema relevância”, destacou.

Durante seu discurso, o Secretário citou alguns desafios do Plano Brasil Maior, iniciativa do Governo Federal para aumentar a competitividade da indústria nacional a partir do incentivo à tecnologia: “Em conjunto com o Ministério da Ciência e Tecnologia, estamos trabalhando na estruturação de novos eixos dentro do Programa: computação em nuvem, tecnologia local de segurança cibernética, software livre e políticas de incentivo para a indústria de entretenimento e jogos eletrônicos”, disse. “Queremos construir um Brasil interoperável e fazer a diferença para melhorar os serviços à população brasileira”.

Silvio Meira: “é preciso omitir o supérfluo”
Durante a aula-magna, na abertura do SECOP, Silvio Meira disse aos participantes que todos ali teriam uma grande oportunidade de usar a tecnologia a favor da cidadania. Para que isso seja possível, disse o especialista, a criatividade e a tolerância devem ser consideradas. “É preciso tempo para criar. A gente anda correndo muito no setor de TIC, mas veja que a Apple arranjou espaço e tempo para fazer o iPod e o iPhone, e a Google, o Android”, exemplificou. “Você não pode ligar a criatividade como se fosse uma torneira: a gente precisa abrir lugar para que as pessoas criem com base tecnológica”.

Durante a palestra, Meira destacou que a tecnologia deve ser “parte da criatividade, e não estar a serviço dela” e que “talento e tecnologia só funcionam se houver tolerância e abertura para criar, além de espaço para as pessoas inovarem verdadeiramente”. Parafraseando o designer industrial alemão Dieter Rams, Meira disse que os profissionais de TI do setor público devem “omitir o supérfluo para que o essencial apareça da melhor forma”.

Vencedores do Prêmio e-Gov
A 10ª edição do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico teve como maior destaque um projeto de TIC para a Educação. Foram 78 projetos inscritos, vinte finalistas e nove ganhadores. Promovido pela ABEP e pelo Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, o Prêmio e-Gov visa estimular, desenvolver e prestigiar a inovação e a excelência nas iniciativas de governo eletrônico e de modernização, nas esferas públicas federais, estaduais e municipais. Os trabalhos foram analisados pela Fundação Instituto de Administração (FIA), da Universidade de São Paulo (USP).

 

Conheça os vencedores:

– Vencedor do Prêmio Excelência em Governo Eletrônico: Olimpíadas de Jogos Digitais e Educação (OJE), da Secretaria Estadual de Educação de Pernambuco (SEE).

– Vencedores na categoria e-Administração Pública:

PPA Online, da Superintendência de Comunicação do Governo do Estado do Espírito Santo.
SIM – Sistema de Indicadores e Metas para Segurança com Ferramentas de BI, do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do RJ (Proderj).
Software Público Brasileiro (SPB), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão / DF.
Tecnologia e Cidadania no Atendimento aos Detentos Trabalhadores em Minas Gerais, da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge).

– Vencedores na categoria e-Serviços Públicos:
Portal do Gabinete Digital do RS, da Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs).
SEA – Sistema Eletrônico de Avaliação, da empresa Processamento de Dados Amazonas (Prodam).
Sistema de Saúde Digital, da Prefeitura Municipal de Feira de Santana (BA).
Sistema Integrado de Licenciamento, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado de São Paulo.

 

Siga o blog AnalistaTI no twitter! @analistati

Fique atualizado!

Fique atualizado!

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdo exclusivo do blog.

You have Successfully Subscribed!