Sabemos que várias atividades profissionais podem ocasionar problemas relativos a posturas, lesões por esforços repetitivos e várias outros doenças.

Observamos a cada dia, profissionais que adquirem novas responsabilidades, demandando horas a mais de trabalho, gerando stress e vários problemas conexos. A rotina e os movimentos repetitivos afetam várias profissionais desde o operário de uma siderúrgica até gerentes, programadores, analista de sistemas, que precisam usar ferramentas tecnológicas a todo instante, de maneira repetitiva, fazendo com que os nervos sofram lesões, desconfortos e fadiga.

[ad#Adsense1]

 

Doenças Relacionadas

Tendinite – é a inflamação de um tendão que surge usualmente através do excesso de repetições de um mesmo movimento (LER – Lesão por Esforço Repetitivo). Pode ter várias causas: mecânica (esforços prolongados e repetitivos, além de sobrecarga) e química (desidratação, a alimentação incorreta e toxinas no organismo podem conduzir a uma tendinite. A doença atinge pessoas que trabalham muito tempo numa mesma tarefa, tais como operários em linha de montagem e pessoas que utilizam demais o mouse de um computador.

Bursite – É a inflamação da bolsa sinovial, um saco membranoso revestido por células endoteliais, são cerca de 160 pequenos balões espalhados pelas principais articulações do corpo como joelhos, quadris, cotovelos e ombros. Sua função é evitar o atrito entre duas estruturas (por exemplo, tendão e osso ou tendão e músculo). Quando ocorre a bursite (o nome vem de bursa, bolsa em latim), essas estruturas incham, causando um inchaço dolorido.

Para previne e minimizar esses problemas, podemos adquirir hábitos saudáveis, uma alimentação correta e principalmente fazer exercícios para relaxar e alongar os músculos e nervos.

Confira esses sites com vários exercícios para evitar e prevenir a LER e doenças relacionadas.

MundoRP

Extravase

Dr Mousinho

Folha UOL

OPINIÃO DO ESPECILISTA: EMANUEL COUTO FURTADO

(Médico, especialista em Medicina do Exercício e do Esporte e mestrando em Fisiologia do Exercício pela UGF-RJ)

 

LER/ DORT e o papel do exercício físico

Retirado do Site: Diário Noroeste

Os termos LER / DORT têm sido utilizados para definir as afecções que tendem a lesar tendões, músculos, nervos e ligamentos, dentre outras estruturas, atingindo, preferencialmente, membros superiores, pescoço e região escapular, decorrentes principalmente, de movimentos repetitivos, de erros posturais, do trabalho em temperaturas inadequadas e do uso excessivo de força nas tarefas. Estas enfermidades são apontadas como as principais causas de afastamento do trabalho no mundo, tornando-se o maior desafio de empregadores e empregados em praticamente todos os setores de ocupação.

Nos últimos anos, com o aumento da mecanização das indústrias, observou-se um acréscimo no tempo gasto na posição sentada e na adoção de um estilo de vida sedentário. Isto tem como reflexo um enfraquecimento muscular e uma maior tensão, sobretudo, no segmento superior do corpo, o que predispõem à doenças como as DORT. Um estilo de vida ativo pode diminuir o impacto na musculatura e proteger contra estes tipos de doenças, além de estar associado a numerosos benefícios como diminuição no risco de doenças coronarianas, hipertensão arterial e câncer.

A prática de exercício físico regularmente tem sido utilizada como abordagem principal no tratamento e na prevenção de uma série de enfermidades, bem como para contrapor o efeito deletério do sedentarismo. Estudos canadenses demonstraram que um aumento da atividade física dos trabalhadores nas horas de lazer tem se relacionado com uma menor ocorrência das lesões dos tipos LER/DORT. Ainda segundo os pesquisadores, as modificações mecânicas e metabólicas na musculatura esquelética representam um importante fator para combater os efeitos das atividades repetitivas, comuns em várias ocupações.

Retirado do Site: Diário Noroeste

 

Ser você é blogueiro ou profissional da área de TI, com certeza já sofreu com esses problemas, deixe sua opinião!

Fique atualizado!

Fique atualizado!

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdo exclusivo do blog.

You have Successfully Subscribed!