A internet que as operadoras dizem ser banda larga[bb], na verdade está muito curta e lenta, nas várias regiões do Brasil, o serviço anunciado quase nunca é garantido, contratos não garantem nada para os clientes, que sofrem com uma internet muito precária.

O desenvolvimento da banda larga é primordial para alavancar a computação em nuvem, uma tecnologia inovadora que depende exclusivamente de uma internet de qualidade para se desenvolver no Brasil.

[ad#Adsense3]

 

Ontem no Fantástico da TV Globo foi apresentado um estudo que mostra como é precário os serviços ofertados. Foram testadas várias operadoras nas principais capitais brasileiras e resultado é muito alarmante.

Cade o PNBL – Plano Nacional de Banda Larga, que promete internet de qualidade em todo o Brasil, para seu desenvolvimento, primeiro é preciso criar regras mais rígidas, para que as operadoras prestem um serviço de qualidade e barato para seus clientes.

Segundo a pesquisa, todas as operadoras avaliadas apresentaram problemas. Contrato foi quesito com maior número de irregularidades. A análise foi feita em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações, a Anatel, e o Comitê Gestor da Internet, que monitora o funcionamento da rede no nosso país.

As operadores testadas foram:

São Paulo – Virtua e Speedy.

Rio de Janeiro – Virtua e Velox.

Belo Horizonte, Virtua, Velox e GVT.

 

Veja a matéria completa!

 

 

É preciso fazer um teste com a Banda Larga 3G[bb], que também é campeã de reclamações.

Se você está pagando por um serviço de péssima qualidade, reclame, é direito seu, ligue para a Anatel, disque 1331 e 1332 e faça sua reclamação, somente com informações a agência poderá tomar atitudes para melhorar os serviços ofertados.

Sua internet banda larga é realmente larga? Deixe sua opinião!

Fique atualizado!

Fique atualizado!

Deixe seu e-mail abaixo e receba conteúdo exclusivo do blog.

You have Successfully Subscribed!